12.12.05

12 de dezembro. Frank Sinatra


Embora estas terras – terras emblemáticas, o que não custa esclarecer – sejam um “Museu de Tudo”, tenho sido pouco afeito à publicação de datas e coisas tais, bem como homenagens póstumas. No entanto, hoje este museu faz de suas exceções: dia 12 de dezembro seria aniversário de Frank Sinatra, de quem sempre, desde menino, adorei A Voz.

Neste ano, Sinatra faria seu nonagésimo aniversário. Aqui não ponho em julgamento o caráter e personalidade de A Voz. Lembro somente a importância que sua música teve para mim, como deve ter tido para muitos outros.

Sinatra recita e canta esta canção escrita por Rod McKuen no disco “A Man Alone”, de 1969.

Empty Is


[Speaks:] Empty is the sky before the sun wakes up.
Empty is the eyes of animals in cages.
Empty, faces of women mourning
When everything's been taken from them.
Me, don't ask me about empty.

[Sings:] Empty is a string of dirty days
Held together by some rain.
And the cold winds drumming at the trees again.
Empty is the color of the fear
Long about September when the days
Go marching in a line toward November.
Empty is the hour before sleep chills you every night
And pushes you to take me away from every kind of light.
Empty is me.
Empty is me.

14 comentários:

Mut disse...

E quem não conhece "New York , New York" que atire a primeira pedra... mas sinceramente , nenhum disco dele é melhor do que o que fez com Jobim... o primeiro deles...

Um abraço!

Theo G. Alves disse...

Mut, meu velho,
sou suspeito quando o assunto é Sinatra: não consigo me afastar muito das razões pessoais para analisar seus discos... mas, tentando, considero discos como A Man Alone e The Single Man discos fantásticos...
abraço!

Milton disse...

Claro, quem somos nós para julgar Sinatra?

Durante a minha adolescência roqueira, não o respeitava musicalmente e suas opiniões e posturas políticas não ajudavam muito, além da máfia...

Depois é que comecei a ouvi-lo atentamente - uma voz inacreditável, uma divisão toda diferente e difícil de acompanhar, sua descoberta da bossa nova e sua ótima relação e adequação ao jazz, etc.

Sem dúvida, se limparmos biografias e esquecermos o tanto de posturas que há em nossas afeições, trata-se do maior cantor popular da era gravada.

Enorme abraço, Theo.

Celso disse...

Sim, certamente uma das 10 maiores vozes de todos os tempos. Bela lembrança, Théo.

Saudações e um convite a conhecer meu novo blog http://alisedoeu.blogspot.com

Marco Santos disse...

Boa lembrança, Theo...Por conta disso, acabo de botar um CD dele no drive do computador... Começando por "Embraceable you"(Embrace me/My sweet embreceable you...), passando por "When your lover has gone", "My melancholy Baby", "I should care", terminando com "My shawl". Obrigado pela visita e pelo comentário. O seu museu de tudo sempre cada vez melhor. Um abração!

fernando cals disse...

Oi, Théo,
Esse cara, o Francis Albert Sinatra, The Voice, o maior cantor popular do Mundo, tem, pelo menos pra mim, o beneplácito de todas as perfídias, má-caratices, etc, que só aos gênios é concedida.
O que ele fez, as merdas que tenha cometido, besteiras que tenha dito, tudo isso fica em derradeiro plano, diante do cara que ele foi, como cantor.
Aos gênios, tudo tem que ser permitido!
Abração
fernando cals

Theo G. Alves disse...

Milton, Celso, Marco e Fernando,
concordamos mesmo que no Sinatra o que mais importa é a voz...

sempre fui, como o milton, muito roqueiro desde os tempos de adolescência, mas sempre convivi de alguma forma com a música do Sinatra, que me ajudou a me domar e a me perder, como me ajudaram figuras de peso como Billie Holiday, Scott Walker, Ella Fitzgerald e Shirley Horn entre tantos...

grande abraço a vocês!

Francisco Sobreira disse...

Theo: Sem essa de "invadir" o meu blogue. Se todas as invasões fossem como a sua, O Iraque não estaria naquele caos. Quanto a Sinatra, é indiscutível o seu extraordinário talento vocal, mas eu chamaria a atenção para o fato de que ele também foi um ótimo ator. Um abraço.

Theo G. Alves disse...

Sobreira, muito obrigado e seja muito bem vindo por estas bandas virtuais seridoenses...

e quanto ao ator Sinatra, concordo totalmente com você... lembro-me bem de alguns papéis vividos pelo Sinatra no cinema que foram muito bem executados: particularmente todo o filme "From here to eternity" é belíssimo...

um abraço!

Denis disse...

"September of my years"... ei, feliz versário!!! cheiro n'alma.
Denis - www.oaluado.blogspot.com
... but, inda lutando com o vírus... do computer (of course!).

Theo G. Alves disse...

denis, meu querido, tenho acompanhado sua luta contra os troianos lá no aluado... passo lá diariamente...
obrigado, querido!!
grande beijo!

claudio boczon disse...

"the voice" - "blue eyes" - precisa mais?

Theo G. Alves disse...

tem toda razão, boczon: isso é tudo!

abraço!

douglas D. disse...

olá.
boas imagens escritas aqui.